Blog do Digão


Um deus emo
12/02/2010, 1:50 pm
Filed under: Pastorado de verdade

Os EMOS são pessoas sentimentais ao extremo. Por exemplo, se você discutir com uma pessoa e um EMO ouvir, ele vai começar a chorar e se perguntar em voz alta desesperado porque o mundo é tão violento.

Pois é, as vezes eu acho que o pessoal da teologia relacional acredita num Deus emo, até porque, para eles, Deus pode ser surpreendido por catástrofes naturais, levando-o a um profundo estado de desespero. Fico imaginando a TRINDADE santa conversando a respeito de uma tragédia natural:

Pai: – Filho, aconteceu mais uma catástrofe.

Filho ( chorando ) –  Aonde? Como foi isso?

Pai: – Ainda não sei. Fui surpreendido! Espirito Santo, você tem alguma notícia?

Espírito Santo: – Ainda não!

Todos (chorando) como isso foi acontecer?

Caro leitor, as Escrituras Sagradas em momento algum nos mostram um Deus que possa ser surpreendido. As tragédias da vida não fogem a onisciência do Criador. Os desastres naturais, não podem em hipótese alguma surpreender ao Todo-Poderoso. Como Senhor, ele rege os acontecimentos, fazendo dos dramas da  existência um profícuo instrumento de amplificação, cujo propósito é falar ao coração dos homens sobre a brevidade da vida e a sandice de viver sem Cristo.

Ora, a visão de Deus reinando de seu trono é repetida nas Escrituras inúmeras vezes (I Rs 22.19; Is 6.1; Ez 1.26; Dn 7.9; Ap 4.2). Na verdade, os muitos textos bíblicos possuem a função de nos lembrar em termos explícitos, que o SENHOR reina como rei, exercendo o seu domínio sobre grandes e pequenos. O senhorio de Deus é total e nem mesmo o diabo pode deter seu propósito ou frustrar os seus planos.

Tenho plena convicção de que o meu Redentor governa soberanamente. Do Gênesis ao Apocalipse, Ele se revela como o sustentador do universo. Acreditar nesta verdade me proporciona a certeza de que absolutamente nada foge ao seu conhecimento. Ele é o único e Soberano Senhor!

Pense nisso!


Texto muito bom, do blog do mano Renato Vargens, pastor e conluiado no Genizah.

Anúncios

1 Comentário so far
Deixe um comentário

Tudo bem Digão?
Sabendo que hoje em dia há tantos filhos de Deus com pensamentos, impuros, confusos, depressivos, de ódio, de vingança, seria saudável que ele precisasse saber de tudo o que se passa nas mentes e corações humanos? A troco de qual necessidade? O faria melhor ou melhoraria o processo humano?

Quanto à onipresença, que é um conceito ainda mais forte, o sr. sabia que mesmo na Índia, onde surgiram estas conceitualizações sobre Deus, alguns grupos entraram na justiça, buscando tirar este “peso” de Deus?

Tudo de bom.
Liza

http://blogln.ning.com/forum/topics/a-crenca-em-seres

Comentar por Liza




Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s



%d bloggers like this: