Blog do Digão


Dor de tristeza
27/02/2012, 6:02 pm
Filed under: Genizah Virtual, geral

Há dias em que, a despeito de terem acontecido coisas boas a você, vindas diretamente do Pai, você fica triste, meio chocado, com uma sensação ruim no peito.

Hoje, chegando ao trabalho, ligo o PC e leio a triste notícia que a Sociedade Bíblica do Brasil publicou a “Bíblia Apostólica”, com notas do sr Estevan Hernandes, autoproclamado apóstolo, e com introdução do Sr. Renê Terranova, autoproclamado patriarca. Mesmo sabendo que a SBB é uma empresa privada, e que em nossa sociedade capitalista o lucro é um objetivo a ser alcançado, vi que um limite, o da ética, do bom-senso e o da sã doutrina, foi ultrapassado. Puxa, a SBB é empresa privada, mas publica Bíblias! A Bíblia não pode ser fetichizada ou coisificada. Não é commodity ou debênture. Com certeza o empreendimento “apostólico” vai vender horrores neste hospício que se tornou a igreja evangélica. Mas o custo social para a SBB será altíssimo.

Logo, leio uma segunda notícia, a de que d. Robinson Cavalcanti e sua esposa morreram esfaqueados pelo filho adotivo. Acompanho d. Robinson desde minha conversão, há 23 anos atrás. Ele ajudou-me a entender melhor o mundo à minha volta. Seus escritos sobre cristianismo e política, especialmente, me fizeram entender que ser um cristão de esquerda é uma proposta válida de exercício de cidadania e fé. Seu posicionamento firme contra a avalanche ideológica do movimento gay-hedonista, seu repúdio à teologia liberal e seu alerta contra o fundamentalismo secular me alegraram por ver uma voz profética em meio ao caos religioso em que nos encontramos. Infelizmente, as drogas fizeram com que seu filho adotivo cometesse um desatino desses.

As pessoas direitas morrem, e ninguém se importa; os bons desaparecem, e ninguém percebe. É o poder do mal que os leva embora, mas eles encontram a paz. Os que vivem uma vida correta descansam em paz na sepultura (Is 57.1, 2, NTLH). D. Robinson está, com certeza, na paz do Pai. Nós, que aqui ainda militamos, e que nos chocamos com tantos desatinos cometidos em Seu nome (mas não certamente em Seu espírito), somente temos o que lamentar, a suplicar e a clamar. A lamentar, a tristeza de saber que um irmão que nos auxiliou em nossa caminhada cristã já não está mais entre nós; a suplicar, a misericórdia do Altíssimo em tempos em que a paganização do cristianismo evangélico brasileiro avança paulatinamente; a clamar, volta logo, Senhor!

Anúncios

4 comentários so far
Deixe um comentário

Muito bom. Tenho pensado e questionado muito nosso meio evangélico. Em vez de a igreja (nós) fazer diferença no mundo, está deixando que o mundo seja parte dela. Hoje, os evangélicos fazem exatamente as mesmas coisas que condenam. É clamar mesmo pela misericórdia de Deus e a volta de Jesus.
Fui.
Raeli

Comentar por Raeli

Valeu pelo texto DIgão! Grande abraço!

Cleber B. Gouveia
Presbitério do DF da IPIB.

Comentar por Cleber Batista Gouveia

Digão, gosto dos seus textos. Eles sempre me provocam uma reflexão. Sou um adepto dos conceitos da missão integral, por isso, perder o Bispo Robinson é realmente uma lástima.
Quanto às informações sobre a Bíblia Apostólica, acho que se faz necessária uma retratação. Veja só:
1. A SBB não é uma empresa privada. Ela é uma associação sem fins lucrativos. Não toma decisões por lucros. Ela é gerida uma Assembléia e Diretoria com representação de várias igrejas evangélicas,
2. A SBB não tem responsabilidade editorial pela Bíblia Apostólica. Trata-se, na verdade, de um projeto de Bíblia de afinidade. Este projeto é desenvolvido pelas igrejas. A única responsabilidade da SBB é quanto ao texto bíblico (tradução). Veja o link no próprio site da SBB: http://www.sbb.org.br/interna.asp?areaID=101&id=884

Abraço fraternal

Comentar por Acyr Junior

Acyr, obrigado pelas informações quanto à SBB. Mas você vai concordar comigo: ainda que seja um projeto de Bíblia de afinidade, o “selo” SBB leva muito peso à edição, e para alguém mais desavisado, pode parecer anuência da editora. Isso pode gerar ainda grande desconforto à SBB. Grande abraço, e fica na paz.

Comentar por revdigao




Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s



%d bloggers like this: